Inesquecível






Inesquecível

Tive muitos cães na vida; todos com um significado especial. Com a chegada de Nina, para suprir a saudade imensa de Layka, hoje eu tive uma emoção dobrada.

Primeiro, eu me lembrei que arrumava as coisas na véspera, para ir para um cantinho que eu amava muito. Layka deitava em cima de minha bolsa e lá ficava. Olhava para mim como se dissesse: - Não se esqueça de me levar.

Hoje, ao arrumar minha malinha, pois vou ter que ausentar por breves dias, Nina fez exatamente a mesma coisa que Layka fez, há anos.

Hoje é dia de sorrir. As lembranças só devem ser as boas; o que nos traz tristeza e decepção, devem ser colocadas de lado. Tudo que eu peço nas minhas orações - pouco peço para mim - é que me afaste de quem me fez muito mal.

Quinta-feira de junho, 2012, indo para São Paulo