Um amanhã






Um amanhã
® Sunny Lóra

Hoje, quando acordei senti um leve vento
De cheiro bom, ... Um aroma de canela!
Tornou-se movimento de gente, como eu sou,
Pousando, bem devagar, em cada pedaço de ar.

Uma sombra bem pequena perseguiu-me o dia inteiro
Como a musica suave que mais gosto de ouvir.
Discreta, sensata e calada, como eu sempre sou,
Penso em mim, como lua, sem chuvas fortes chegando
Que me trazem esperança e jogam infinda saudade fora.

Quero tanto um amanhã mais bonito, sem incertos caminhos.
Pensamentos bons deslizam, suaves, em cada pedaço que ando...
Longa caminhada ainda tenho para ser, de verdade, repartida...
Por um sol novo, quem sabe - e uma lua nova, ainda mais bonita...

(Grandes lembranças de quartas feiras de maio.)