O que guardo










O que guardo

Nesta mente que tenta pensar certo
Tem um cantinho onde guardo anjos
Campos da minha infância, estradinhas
Rosas de primavera, sorrisos guardados
Juras de amor não faladas. (ou ouvidas)

Tem meu berço guardado, minha casa,
Poemas com perfumes bons, papéis velhos
Dois sonhos não realizados (Ah, os sonhos...)
Um sol, uma lua e muita saudade guardada
Perguntas que ainda me faço, noite e dia
Silêncio e muito barulho por dentro
Longos passeios no passado recente.

Tem alma, que é somente minha bonita
Flores despedaçadas, pétalas espalhadas
Braços aquecidos de tanto carinho perdido
Tem deuses, amigos e muita chuva nos olhos
Cartas escritas em velhos pensamentos.

Num cantinho da minha mente tem você.

Segunda de maio de 2012
Imagem Silvino_Clip