Tudo vejo, tudo sinto







Tudo vejo, tudo sinto
® Sunny Lóra

Vejo tudo como eu quero:
Azul, quando estou feliz.
Cinza, quando me dói muito...
Saudades, do que não posso mais viver.
Verdes ou violetas, (fortes cores...)
Quando sinto muitas vontades! (desejos).

Vejo tudo o que eu penso:
Verdes matas, rios correndo,
Rostos amados, peles macias,
Com meus olhos eu ouço sinfonias!
Pálpebras abrem-se ou fecham-se
Derretem-se em risos e alegrias.
Eu,autora infinita de mim!

Encho-me do nada e do tudo,
Quando olho dentro dos olhos
Daquilo que sempre me cerca (amor).
E por precaução, tomo cuidado intenso
De ver tudo, com clarões, muito)
Ou escuridão: (pouco...)

Uma vez de cada vez... a cada olhar.


Sexta-feira de fevereiro, 2012 - vendo tudo a meu redor...
By OdeteTags - Odete Ronchi Baltazar