Superação






Superação


Já quis beijar minha alma um dia...
Misturar flores amarelas com brancas,
Foram tantos os luares em que se perdia...
(Quantos sonhos e vidas ainda a viver
Tem esta alma que faz da vida - flor!)

Já quis segurar minha alma nas mãos...
Enquanto os jardins dormiam eu chorava,
Poemas voavam no tempo amarelado
Pela dor da saudade e busca de perfumes,
Cores de sonhos e de vida sem entrelaces!

Já quis abraçar minha alma, tantas vezes...
Mundo afora eu a carrego comigo, esta amiga
Agora bela, forte, saudável,companheira...
Consciente e certeza que ela é minha somente
Dona vestida de branco, sorrindo pra mim...


Domingo de fevereiro, 2012

Ilustração: Peixes da casa de Ester. Lindos, pura vida!