Chama-me!






Chama-me!
® Sunny Lóra

Quando sentires o sabor do vento calmo
Deixarei aberto meu coração, somente teu
Navegando nas ilusões do amor ...flutuo
Espero clarão de lua nos braços de Morfeu.

Quando deixares que eu sinta o teu perfume
Pontilharei teu caminho de pura alegria e cor
Versos meus em teu peito querido se aninham
Iluminarei os raios do sol com respingos de amor.

Contigo eu consigo ver que tudo é bela luz
Cada gota de chuva corre leve e serena em mim
Chama-me, eu vou onde quiseres, belo menino
Respirando ar de primavera, de rosas e jasmim.


Segunda de 27 fev, flores by Sunny