Todas as Luas






Todas as Luas
Sunny Lóra

A lua abriu suas asas, porque hoje é assim:
É a lua nova, mostrando seus matizes.
Quando lua cresce, mostra força de fé,
Pedidos fortes de “Vem crescer comigo.”
Em todo o seu vigor e garra, bem lá de cima,
“Eu vou aparecer, espere”, ela me diz.
Lua cheia traz paixões, grandes amores,
Sensações (boas) de todos os tamanhos,
Dança de corpos, almas escancaradas.
Quando lua se esconde, devagar,(presto atenção)
Também me fala - “Vai, descanse.”
É hora de refletir, de arrumar a casa,
Lavar o que me faz escorregar e cair,
Reaprender a levantar-me a cada novo dia,
Enfrentar todos os inimigos ocultos.
Bendizer o bom, à espera da próxima virada.
Eterno movimento...como TODAS as minhas Luas.


Terça chuvosa de janeiro, 2012
Imagem Catálogo de Piscicultura