Muito mais eu seria





Muito mais eu seria



Queria ser um anjo de asas tortas
Vivendo naquele bosque encantado
Onde o lobo mau (danado) não existiu.

Queria ter sido boneca de meio metro
De cachos dourados de cor de trigo
Com fitas esvoaçantes em cada fio!

Queria ter sido peixe, para nadar muito
Em todas as águas (limpas) do planeta
E morar tão fundo que nenhum anzol
Ou alçapões malvados me alcançassem.

Ah, eu queria ser fruta, a mais saborosa...
E reinar, faceira,nas cestas de vime da casa
Dos meus donos! Oferecer-me inteira!

Queria ser uma ilha cheia de coqueiros,
Uma noite repleta de amor e estrelas,
Uma borboleta bem novinha! (azul).

Se eu pudesse ser outro ser...


Sábado de janeiro, 2012 - Ouvindo o canto da cigarra.



Imagem Freepik-Google