Colocar-se no lugar do outro





Colocar-se no lugar do outro


Uma das atitudes que eu sempre tomo é colocar-me, literalmente, no lugar do outro. Parece loucura? Não. Se vejo alguém feliz, o bichinho da alegria me come. Se vejo tristeza, mergulho num marzinho de melancolia.

Existe uma maneira, porém, de saber o que o outro sente, quando estou diante de um impasse. Coloco duas cadeiras, frente a frente. Sento numa delas e “converso” com a pessoa. Depois troco de lugar...

No final, sempre tenho uma resposta...


Ultimo dia de janeiro, 2012
Nina fará cirurgia amanhã.