Que falta eu me faço!





Que falta eu me faço!


Hoje não sentirei saudades
Nem esperarei vozes
Que nunca consigo ouvir.
Hoje eu vou comprar-me flores
E borrifar cheiros de alecrim...
Hoje eu vou ficar calada
Sorrindo somente pra mim.

Hoje eu sentirei meu coração.
Mas como hoje eu estou egoísta,
Somente eu ouvirei as batidas
Compassadas, tranqüilas...

Hoje eu me achei, finalmente!
Alguém havia me roubado
Mas consegui soltar os laços.

Que falta que eu me faço...


Uma semana para o Natal, 2011