Pipas







Ter momentos sozinhos com a natureza é privilégio de poucos. Quando fecho os meus olhos, de frente para o céu e o sol, primeiro vem aquela “visão vermelha” até que a retina se acomode e fique tudo “branquinho” e os olhos possam relaxar.

Dormitei nos meus sonhos, deixei o calor do sol se achegar. Quando dei por mim, vi uma pequena pipa, que dançava sobre o mar.






Quinta de sol, bem cedinho - 10 nov 2011