Anjo





Anjo

Se anjo eu fosse
Eu te ensinaria a rezar,
Passaria minhas mãos
Na tua fronte cansada
E dar-te-ia paz.

Se anjo eu fosse
Colocaria tanta alegria
Bem dentro de ti,
Dias repletos de beleza,
Tal como a natureza
Que, de verde,
Viram rosas amarelas,
Ou brancas, se quiseres...

Se anjo eu fosse
Fartura de beleza em vida,
Eu te daria, como mimo,
Um mar, uma areia
Que venerasses,
Uma cachoeira quentinha,
Um rio calmo,
Como projeto de vida.

Anjo não sou...Sou tua filha.



“Lua Perfeita”, Editora GSA 2008
Poema para minha Mãe.