Pescador de Sonhos
Sunny Lóra


 
Assim eu te vejo : um pescador de sonhos.
Um sonho não realizado, dois vivenciados,
Três destinos em entrelace, outros caminhos.
Borrifos de sorrisos abertos no meu céu,
Movimento repetido de enxugar lágrimas,
Um abraço na madrugada, até logo, (até mais...)
Assim eu te vejo: um lago quieto na vida,
Onde folhas de manjericão formam redomas
Ao tocar levemente nas águas calmas de mim.
Logo a pequena redoma se desfaz (e se aquieta)
À eterna espera daquele pescador de sonhos,
De tantos amores, dono de todos os “agora”
Sonho surdo, lago quieto, vazios ninhos...

Manhã de fevereiro, 2011